Motorista dirigindo com uso do cinto de segurança e máscara de proteção

Para muitos, ser um bom motorista é ter experiência. Para outros, ser eficiente ou até mesmo conhecer bem as estradas! Mas isso vai muito além!

Saber dirigir e ter anos de experiência não faz com que você seja um bom motorista. As boas práticas no trânsito vão muito além de ser “bom de volante”: une bom senso, empatia e respeito às leis de trânsito, inclusive!

Ao passar por uma auto escola, somos instruídos com informações que nos ensinam as legislações, as sinalizações, os primeiros socorros, entre outros. Contudo, após tirar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) a responsabilidade de colocar esses ensinamentos em prática e ser um bom motorista torna-se totalmente nossa.

Se você está em busca de melhorar a sua conduta como motorista, reunimos algumas dicas que podem lhe auxiliar e fazer de você um bom condutor. Confira!

Dicas simples para ser um bom motorista

Algumas boas práticas podem fazer de você um bom motorista, sabia disso? Porém, antes de tudo, é necessário que você faça uma auto avaliação com o objetivo de encontrar falhas e possíveis pontos de melhoria. E o mais importante disso tudo: você precisa querer mudar! 

Sendo assim, reunimos algumas dicas que te ajudarão a ser um condutor melhor e cada dia mais consciente, olha só:

  • Motorista: respeite as leis de trânsito

Respeitar as leis de trânsito na verdade não é uma dica e sim um dever de todo o cidadão, né? Mas não custa relembrar a sua importância para formar um bom condutor. 

As leis de trânsito servem para manter a ordem e a segurança das vias do país. Além disso, elas têm como objetivo evitar e diminuir incidentes no trânsito, através de regras e condutas que devem ser seguidas de acordo com cada situação. 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as maiores causas de acidentes são por falta de atenção e desobediências às leis de trânsito.

Ou seja, respeitando as leis de trânsito, você, como bom condutor, ajuda a diminuir acidentes e preserva a vida de outros motoristas. Com isso, você fica menos propenso a cometer falhas e a ser penalizado por imprudências!

  • Praticar direção defensiva

De maneira geral, direção defensiva é agir de modo calculado, ou seja, tomando medidas e providências que ajudem a prevenir que certos incidentes ocorram. 

Um exemplo bem simples disso, é ligar o pisca-alerta sempre que for mudar de pista e/ou de sentido. Isso faz com que motoristas que estão atrás de você entendam a sua intenção e coloquem em ação algumas medidas que evitam bater no seu veículo, como manter certa distância. 

  • Respeito e empatia entre motoristas

Assim como em todas as situações, respeito é fundamental para a boa convivência entre os motoristas. Afinal, o comportamento e as atitudes que temos com os outros motoristas demonstram o quanto você se importa com o próximo.

A melhor maneira de colocar esta ação em prática é se colocar no lugar dos outros, até porque, nem sempre sabemos o que levou uma pessoa a tomar determinada atitude. Por exemplo, um condutor pode estar com pressa e te xingar, gesticular ou buzinar incansavelmente para você, pois teve um dia ruim no trabalho.

Não estamos dizendo que esse tipo de ação é correta ou que deve acontecer sempre. No entanto, todo mundo pode cometer erros ou não estar num dia bom, inclusive você. Então respeito e paciência evitam grandes problemas!

  • Preservar o meio ambiente

Ao ler o título, se perguntou o que tem a ver preservar o meio ambiente com a ideia de ser um bom motorista? Pois bem, de nada adianta ser um excelente motorista e ter a sua saúde afetada, não é mesmo?!

Veículos emitem gases poluentes por conta da queima do combustível. Sendo assim, é necessário adotar algumas medidas e manutenções periódicas no veículo. Por exemplo, realizar manutenções do motor, trocar e preservar o óleo em boas condições, manter os pneus calibrados, entre outros. 

Manter as revisões do veículo em dia contribui com o meio ambiente e evita dores de cabeça para o motorista. Além disso, sempre que tiver algum lixo em seu automóvel, descarte em locais apropriados, nada de jogar fora da janela, está bem?

  • Gentileza 

Assim como respeito, a gentileza pode fazer parte do nosso dia a dia como bons motoristas. Nada de ser arrogante e grosseiro! Sempre que possível, demonstre que você se importa com as outras pessoas. 

Dê passagem a um pedestre sempre que possível, se ver alguém precisando de ajuda, pare e auxilie. Esta prática torna o dia mais leve e evita muitas situações ruins.

  • Motorista, conheça as características e limitações do seu veículo

Outra dica importante é você entender e conhecer o seu carro. Saber as suas características e particularidades e como elas funcionam, além de facilitar o seu dia a dia no trânsito, pode ajudar a evitar acidentes.

Além disso, conhecer o seu veículo evita gastos desnecessários, visto que você ficará atento às manutenções que serão necessárias para manter o automóvel seguro e em bom estado de conservação. Desta forma, você consequentemente também contribuirá para a preservação do meio ambiente.

  • Dica bônus

Tudo o que você faz na sua vida, indiferente o que for, quanto mais prática você tem, mais fácil se torna, concorda? Com as boas práticas durante a condução é a mesma coisa.

Quanto mais você pratica, mais fácil será seguir as dicas e menos dificuldade você terá no trânsito. Com o tempo, mais seguro você se sentirá e mais natural será colocar as ações em prática! Faça o teste. 🙂

 

Se em algum momento deste conteúdo você respondeu ou pensou “hum…eu não faço isso”, isso significa que você precisa melhorar as suas condutas como motorista! Além disso, é hora de colocar algumas dicas em prática e melhorar a sua conduta para se tornar um bom motorista! 

Por isso, te convidamos a repensar as suas atitudes no trânsito e pensar duas vezes antes de fazer qualquer ação. Seja gentil!