imagem representando o significado das placas de trânsito

Você não sabe o significado das placas de trânsito? Conheça o significado e os tipos de placas usadas na sinalização de estradas e rodovias, para manter a ordem e a segurança!

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é o que ordena o trânsito terrestre dentro do território nacional. Para isso, são utilizadas placas de trânsito, que ficam na posição vertical, ao lado da pista, ou mesmo suspensas. 

Essas placas apresentam símbolos ou legendas pré-reconhecidas e legalmente instituídas como sinais de trânsito e ficam ao lado da pista, ou mesmo suspensa sobre ela.

As placas representam ordens, locais e ou normas de circulação, com a finalidade de garantir a segurança no trânsito para motoristas e pedestres, que nela circulam usando da comunicação visual. As placas garantem que o trânsito possa fluir de maneira correta evitando acidentes. Continue a leitura e conheça o significado das placas de trânsito!

 

Qual o significado das placas de trânsito e para que elas servem?

As placas de sinalização de trânsito são um conjunto de sinais de trânsito fixados em via pública, para assegurar a fluidez e a segurança no trânsito. Por isso, elas determinam as regras de tráfego como sentido de direção, locais de estacionamento, horários e dias, além de outras condutas regulamentadas para o local. 

Entretanto as placas não são válidas apenas para os motoristas, mas para pedestres e ciclistas também. Desta forma, as placas necessitam estar em boa ordem, em bom estado de conservação e visíveis aos que por elas passarem. 

 

Placas de trânsito: quais são os tipos?

As placas de trânsito são classificadas em três categorias, de acordo com sua função: placas de regulamentação, de advertência e de indicação. Veja o significado de cada uma delas:

 

Placas de regulamentação

Essas placas indicam condição de obrigação, proibição e limitação no uso das vias. Seu formato é circular, com fundo branco, borda na cor vermelha, com ou sem uma tarja vermelha. Há exceção para a  placa de Parada Obrigatória, com formato octagonal e fundo vermelho e a  placa de preferência, que tem formato triangular.

É importante ficar atento à tarja vermelha, pois sem ela as placas indicam obrigação ou limitação e com a tarja vermelha indica proibição. Como exemplo, temos as placas de proibido parar e estacionar, sentido proibido, proibido retorno à direita e passagem obrigatória. Ao todo são 51 placas de regulamentação usadas em larga escala nas vias urbanas, mas que podem ser colocadas também em estradas. 

placa de pare como exemplo do sisgnificado das placas de trânsito

Placas de Advertência

As placas de advertência tem por finalidade alertar aos condutores para condições potencialmente perigosas, indicando sua natureza. Seu formato é quadrado, nas cores amarelo e preto e sua colocação implica que as diagonais estejam na posição vertical e horizontal. 

Há exceção para a placa que indica obras que é na cor laranja e preto e para a placa de semáforo à frente que é na cor amarelo com detalhes em verde e vermelho. Além disso, entre os exemplos, temos as placas de curva acentuada à direita, passagem sinalizada de pedestres, cruzamento de vias e alargamento da pista à direita. No total são 69 placas de advertência. 

exemplo de placa de advertência

Placas de indicação

As placas de indicação são usadas para identificar vias e locais de interesse, além de informar aos condutores que por ali transitam os percursos, destinos, distâncias e serviços auxiliares. As mensagens são de caráter informativo e educativo. Esse tipo se subdivide em cinco grupos:

  • placas de identificação: servem para identificar rodovias, distâncias e destinos. Geralmente são na cor verde e auxiliam os motoristas a prosseguir pelo sentido correto para chegar ao destino.
  • placas de orientação de destino: orientam o condutor a direção e distância dos destinos, geralmente são na cor verde ou azul.
  • sinalização educativa: têm a função de educar motoristas e pedestres com recomendações diversas, visando  a conscientização sobre a segurança no trânsito, como por exemplo a placa de use cinto de segurança.
  • placas de serviços auxiliares: serve para indicar serviço e apoio ao longo da via, como serviços de borracharia, restaurante, hotel, entre outros. Essas placas são de cores azul, branco e preto.  
  • placas de atrativos turísticos: utilizadas para indicar locais turísticos, como por exemplo áreas de recreação, práticas de esporte e museus. Essas placas são na cor marrom.

exemplo de placas de indicação

Portanto, existem muitas placas de trânsito para orientar os condutores, e por isso entendemos que não é fácil se lembrar de todas. Mas conhecer as placas mais usadas é essencial para garantir a segurança de todos os motoristas, pedestres e ciclistas. Além disso, também é necessário sempre respeitar as placas de sinalização de trânsito, para não receber multas e causar acidentes.  

 

Ficou com alguma dúvida? Continue acompanhando nosso blog  para saber mais sobre a legislação de trânsito.