Mulher estressada no trânsito, demonstrando fator psicológico alterado

A rotina agitada e as preocupações do dia a dia afetam diretamente nossa saúde e nosso comportamento. Entenda a importância do fator psicológico no trânsito.

Em tempos de pandemia, a saúde mental da maioria das pessoas foi afetada, de alguma maneira. Elas buscam se adaptar ao novo “normal” e estas modificações podem afetar as ações no trânsito. 

De acordo com a ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria), em média 89,2% dos médicos relataram o agravamento de quadros psiquiátricos nos seus pacientes após o início da pandemia.

Estresse, preocupações excessivas, mudança de rotina, dentre outros comportamentos, possibilitam o surgimento de transtornos. Podendo ser eles: depressão, ansiedade e ataques de pânico, por exemplo, que afetam o psicológico das pessoas.

Por este motivo, entendemos que a saúde física, assim como a mental, são de extrema importância. Se você chegou até aqui, continue a leitura e entenda como o fator psicológico pode afetar sua conduta, inclusive no trânsito.

Entendendo a importância do fator psicológico durante a direção

Antes de mais nada, o fator psicológico nada mais é do que um conjunto de sentimentos e emoções que ditam os comportamentos das pessoas. Dentro dele, podem ser considerados o tipo de personalidade, transtornos mentais e comportamentos que possam vir a prejudicar a própria saúde, por exemplo.

Ou seja, uma pessoa com algum tipo de transtorno mental, por exemplo, normalmente apresenta algumas alterações em suas habilidades. Isso pode influenciar diretamente na maneira como ela dirige, ampliando consideravelmente as chances de ocasionar algum acidente.

Portanto, estas condições psicológicas podem levar o condutor a ter uma séria de reações no trânsito, como:

  • sono;
  • fadiga;
  • falta de atenção;
  • irritabilidade;
  • agressividade;
  • comprometimento do raciocínio;
  • diminuição da capacidade motora;
  • e problemas cardíacos.

Consequentemente, estas mudanças podem afetar sua rotina e estar ligados à incidência de trânsito. Ao receber uma notícia ruim em seu dia, por exemplo, seu modo de agir e pensar continuam iguais? Certamente não! Você fica distraído, pensativo e agitado, e tudo isso afeta o seu comportamento e suas ações!

Perigos ligados à alterações do fator psicológico no trânsito

De acordo com a ABRAMET (Associação Brasileira de Medicina no Tráfego), a falta de atenção ao volante pode estar ligada diretamente a quadros de estresse, cansaço e déficit de atenção. Atualmente, a saúde do motorista (ou a falta dela, neste caso) é a principal causa de acidentes no trânsito.

Na pesquisa, foram levantadas 215.401 ocorrências de acidentes, sendo que cerca de 76% dos casos registrados tem alguma associação com a saúde do condutor. Além disso, este grupo responde ainda por 62% das mortes.

E o que podemos tirar de lição disso? Ao longo de nossa vida, é comum nos depararmos com adversidades. No entanto, é fundamental aprender a nos adaptarmos e tentar buscarmos a melhor maneira de deixar estas situações menos estressantes.

Neste contexto, é essencial darmos a devida atenção a nossa saúde mental. Uma mente tranquila pode evitar estresse, problemas no nosso cotidiano e até mesmo acidentes de trânsito!

Por este motivo, listamos algumas ações que você pode inserir em sua rotina, para melhorar a sua saúde mental, confira:

5 dicas simples para ajudar a ter uma mente mais saudável e um fator psicológico equilibrado

Para contribuir com a sua saúde mental e deixar a sua vida mais leve, separamos algumas dicas simples que podem ser adotadas no seu dia a dia. Além de contribuir positivamente para o seu fator psicológico, essas dicas irão deixar a sua conduta mais fácil.

  • Evitar levar problemas do trabalho para casa

Os problemas que surgem ao longo do dia, principalmente do trabalho, deixam a nossa cabeça cheia de dilemas, além de gerar estresse.

Contudo, é preciso tentar separar vida pessoal e profissional. Apesar de ser algo monótono de se ouvir, é fato que estes problemas, se levados para dentro de casa, podem gerar frustrações e afetar também a sua vida pessoal.

Os impactos negativos gerados ao longo do seu dia, se levados para o contexto pessoal, podem desencadear diversas reações e adversidades, muitas vezes inesperadas. 

Suponhamos que seu dia tenha sido longo, estressante e preocupante. Ao sair do trabalho, você pega o seu carro, ou sua moto, e vai em direção à sua casa. Porém, diante de tamanha preocupação e cansaço, você está distraído, liga o rádio em um volume alto, esquece de dar as setas, não liga a luz… Qual pode ser o fim disso? 

A maximização de uma dificuldade pode desencadear outros problemas, que sucessivamente irão provocar uma série de contratempos. Desta forma, lembre-se que problemas existem! O que você deve evitar, é que eles transformem sua vida num grande quebra cabeças!

  • Não se preocupe em excesso

Preocupação faz parte do comportamento humano. Além disso, é o sentimento que nos faz tentar prever acontecimentos e tentar evitá-los, ou agir de forma preventiva. Contudo, preocupação em excesso pode causar fatores psicológicos alterados, como ansiedade, estresse, depressão e infelicidade.

Além disso, você passa a ver a vida como um eterno problema, como se tudo fosse dar errado e levar a alguma consequência negativa. Este sentimento deixa a pessoa estagnada e dificulta a realização de tarefas cotidianas, como dirigir.

Busque manter a mente calma, e não se preocupar em excesso. Nem todas as preocupações trazem consequências ruins. Por isso, é preciso mantê-la em um nível saudável, buscando avaliar o que merece preocupação real e o que são fatos criados pela sua mente. 

  • Aproveite momentos de lazer

Ter momentos de lazer e descontração ajudam a manter a sua qualidade de vida. Eles estimulam sentimentos bons, que trazem sensação de relaxamento e felicidade.

Sejam grandes ou pequenos, os momentos de lazer ajudam a diminuir as chances de desenvolver problemas como depressão e ansiedade, melhoram a convivência entre as pessoas e ajudam a evitar o surgimento de problemas cardíacos. 

Além disso, os momentos de lazer diminuem as chances de acidentes ou brigas no trânsito, pois você está feliz, atento e radiante.

Por fim, eles são um ótimo meio de esquecer os problemas cotidianos e melhorar suas relações pessoais. Uma dica é curtir momentos junto à família e amigos, partilhar momentos como viagens, refeições, e outras. 

  • Procure um profissional para te ajudar 

Não menos importante do que colocar as ações em prática no dia a dia, procurar a avaliação psicológica ou de outro profissional capacitado é extremamente importante. 

Isso porque, estes profissionais têm habilidades para tratar fatores psicológicos e ajudar a lidar com questões ligadas à mente.

Desta maneira, sempre que sentir necessidade ou julgar necessário buscar ajuda profissional, não tenha vergonha. Além desses momentos ajudarem a tornar sua vida mais leve, as consultas são totalmente sigilosas e você garante sua sanidade mental no trânsito, evitando acidentes, incidentes e até mortes.

  • Mantenha uma rotina saudável

Manter uma rotina saudável além de ser importante para o corpo é essencial para a saúde mental. Ou seja, quando mantemos uma vida saudável evitamos problemas de saúde, nos sentimos mais dispostos e nosso dia se torna mais produtivo.

Algumas dicas básicas que podem estar presentes no cotidiano são:

  • dormir bem;
  • ter uma alimentação saudável;
  • praticar atividades físicas;
  • relaxar;
  • evitar alguns tipos de alimentos (como o café, que é estimulante e pode agravar quadros psíquicos);
  • reservar momentos para fazer o que se gosta.

Para finalizar…

Todos os dias, milhares de pessoas dependem dos seus veículos ou de terceiros para irem trabalhar, fazer compras, viajar, irem para casa ou para outras atividades. Ao assumir a direção de um veículo, precisamos ter responsabilidade e consciência de nossas ações, visto que elas afetam diretamente a vida de outras pessoas.

Logo, manter o fator psicológico em dia, assim como garantir uma mente saudável é indispensável para a prevenção de acidentes!

 

Se você está preparado para tirar a CNH, renovar ou ainda evoluir na categoria, a Auto Escola Metrô pode ajudar você a fazer isso de forma descomplicada e consciente! Fale com a gente agora mesmo e conheça nosso método!